4 de janeiro de 2010

Novo

Os fiéis leitores deste blog notam a mudança: foi-se o tempo do verde-musgo, um tal amarelo-escuro deu-lhe um pé-na-bunda. Quase um ano e cinco meses depois de sua criação, o Ismo a esmo muda um pouco de cara. Agora, mais discreto, talvez. Mais bonito também, muitos podem achar. Diferente, penso eu, e isso já é muito bom. Agradeço a Daniel Serrano pela arte.




Já a música é de Paulo Leminski (gravada por Carlos Careqa e Zeca Baleiro). Vem como trilha sonora da mudança visual para que fique claro que não inauguro um novo blog. O amarelo toma o lugar do verde, uma foto dá lugar a outra e tantas outras mudanças acontecem para que a principal mudança nunca aconteça: a do espírito que caracteriza este blog, que será eternamente malabarista.

3 comentários:

Aguiar disse...

A mudança de cores veio quase como a de Chico, invertendo o rubro-negro e transformando-o em tricolor. Devo confessar uma certa predileção pelo amarelo. Tem-nos caído bem ultimamente. Completa-se o cenário com o Chico [, mas, dessa vez, o Bento], retratado ao esbanjar jovialidade a esmo!
Espero que continue com o velho talento na nova embalagem - é coisa pra malabarista.

Abraço de seu leitor contumaz.

Beatriz R. disse...

Gostei da mudança (:
O amarelo caiu muito bem.

Ismo a esmo é coisa pra malabarista!

Danilo disse...

Carlos Careqa. Meu achado mais legal desse ano.